Produtor rural e gestor de agronegócio, conhece o PL 658/21, que fala de bioinsumos?

Blog Aut Curadoria (geraldo) - GR Contábil
Classifique nosso post [type]

Em análise da Câmara, o projeto quer ampliar a oferta de produtos originados a partir de microrganismos

A proposta sobre o mercado de bioinsumos, em em análise na Câmara dos Deputados, conta com a participação do Paraná no debate do projeto. A proposta que busca regulamentar a produção e comercialização desses produtos está avançando na Câmara e tem sido construída com a colaboração da Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) e a Embrapa.

O foco dos representantes paranaenses é para a criação de uma legislação específica para a produção on farm – que é a produção de microrganismos independentemente do agricultor dentro da propriedade. O objetivo é otimizar a tecnologia junto com as recomendações necessárias tornando o processo viável e sem muita burocracia para o produtor.

Apesar de sempre terem sido usados na agricultura, os bioinsumos ganham cada vez mais força e são a grande aposta para o futuro para aumentar a produtividade e reduzir os impactos ambientais. O objetivo é ampliar o uso de produtos originados a partir de microrganismos, animais e de extratos de plantas capazes de controlar doenças e pragas, promover o crescimento do cultivo e fertilizar solo. O resultado é economia, manejo mais seguro e qualidade dos produtos.

De acordo com a representante do setor técnico do Sistema Faep, Flaviane Medeiros, os estudos já apontam vantagens em diversas frentes. Na cultura da soja, por exemplo, estima-se uma economia anual de US$ 15 bilhões por conta da introdução de bioinsumos na semente.

“A legislação também busca critérios técnicos para que o produtor possa produzir e saber de fato que ele está utilizando um microorganismo, uma bactéria, um fungo, sem que isso possa prejudicar a lavoura, o ambiente e até mesmo as pessoas envolvidas no manejo. Essas discussões são importantes para que a gente tenha essa qualidade”, explicou Flaviane.

O tema já foi debatido em audiência pública conjunta de duas comissões da Câmara dos Deputados: Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

A comissão de Agricultura aprovou o relatório que regulamenta a produção comercialização e o uso de bioinsumos na agricultura. O texto segue agora para análise na Comissão de Finanças e Tributação.

Fonte: Canal Rural

PRESSIONE AQUI AGORA MESMO E FALE JÁ CONOSCO PARA MAIS INFORMAÇÕES!

Deixe um comentário

Recomendado só para você
Com mais de uma semana de guerra, setor vê dificuldades…
Cresta Posts Box by CP
Envie uma mensagem para nós!